Telefones para contato: (21) 3154-4000 / (21) 2491-2627

Faça parte de nossas redes sociais:

Twitter Interneuro FaceBook Interneuro

Reportagens

Jornal da Record | Duração: 4m38s

Repórter Record | Duração: 8m35s

Globo Reporter | Duração: 10m24s

Ver todas Reportagens

Parceiros

Parceiro Interneuro - Hospital Santa Tereza

Rua Paulino Afonso, 477
Centro - Petrópolis - RJ, 25684-900
(24) 2233-4600

Sintomas Aneurisma Cerebral

Um paciente com hemorragia subaracnóidea geralmente apresenta-se com forte cefaléia, seguida de náusea e vômitos. Podem vir ainda associadas visão dupla (diplopia), fraqueza e perda da consciência. A hemorragia subaracnóidea é uma emergência médica, onde de 10 a 15% dos pacientes com aneurismas rotos morrem antes de chegarem ao hospital e metade vem a falecer dentro dos primeiros 30 dias após a hemorragia, caso não sejam tratados.

Como surgem os aneurismas cerebrais?

Eles surgem devido à fragilidade da parede da artéria, que fica vulnerável à pressão, formando uma “bolsa” frágil que pode se romper.

Recomenda-se uma Angiorressonância ou AngioTC em pessoas que tenham mais de dois familiares diretos afetados por aneurisma, porque em alguns casos o quadro pode ter origem hereditária.

Durante muitos anos, os pacientes portadores de aneurisma cerebral só podiam tratar-se por meio da cirurgia convencional. No final da década de 80 e começo dos anos 90, atendendo à necessidade de uma resposta menos traumática para os pacientes, surgiu a neurocirurgia endovascular.

Desde então, quase 1 mil aneurismas têm sido tratados com êxito em nossas instituições, graças a esta revolucionária técnica.

Artigos relacionados

Botão Voltar para o Inicio
Telefones para contato: (21) 3154-4000 | (21) 3197-0683 | (21) 3197-1408 | (21) 3197-2403(21) 3197-3106 (21) 3197-3960 | (21) 3529-2256 | (21) 2137-7491 | (21) 2491-2627 | (21) 96845-8786

Em Caso de emergência ligue: (21) 99649.4157

Interneuro © 2015 | Todos os Direitos Reservados